em Cerpolo, Noticias

                Primeiramente, o Isopor (ou EPS – Poliestireno Expandido), é um material leve, derivado do petróleo, onde há mais carbono e hidrogênio, sendo assim com ar em 95% da sua composição. Essa propriedade permite que ele seja moldado em variadas formas, e que se torne um bom isolante térmico e acústico. Seu uso além desses, conta como caixas térmicas para alimentos, peças de proteção para aparelhos como televisão e máquinas de lavar, em flocos para proteger pequenos objetos e até medicamentos, além de ser usado em construções civis, misturando os flocos ao concreto e como forro de câmaras frigoríficas.

                Entretanto, ao chegar no fim de sua utilização, muitas pessoas apenas descartam o material, sem saber que esse pode ser reciclado, de acordo com os seguintes passos:

                – Primeiro ele é recolhido na coleta seletiva e separado de outros materiais, como papéis, outros plásticos, metais e produtos adesivos;

                – Agora, o isopor separado passa por um processo onde o gás é retirado, fazendo com que a pressão antes aplicada sobre ele, suma e acabe se reduzindo à pequenas pérolas/flocos;

                – Todos os flocos são ajuntados e derretidos, depois podem voltar à ser granulados, sendo utilizados para molduras de quadros, brinquedos e até mistura para concreto, entretanto não pode ser usado para embalar alimentos novamente. Se não for granulado, a pasta que é formada com o material, pode ser transformada em clipes de papel e outros materiais para escritório.

                O processo de reciclagem do isopor é fácil, entretanto, ainda sai caro tanto o seu transporte quanto o processo, pois é um material volumoso e sem muito valor econômico, o que muitas vezes faz com que empresas de coleta ignorem embalagens em isopor. Isso faz com que haja um acúmulo desse material em aterros, que contribuem para a poluição e enchentes, pois por ser impermeável, quando chove, o isopor não deixa com que a água passe. Portanto, para evitar que haja esse acúmulo, comece preferindo comprar alimentos que não tenham embalagem em isopor, ou fazendo seu descarte de forma correta.

                E se você pretende construir ou reformar, a Cerpolo trabalhar com isopor para aplicação de forros e revestimentos, além de oferecer a instalação de drywalls, brises e divisórias, tornando seu projeto mais completo e moderno.  

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar