em Isolamento acústico, Qualidade de vida

O que é poluição sonora

Poluição sonora é definida como o excesso de ruídos que podem acabar afetando a saúde física e mental de uma população, assim é considerada um problema de saúde pública a nível mundial. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) o nível de barulho admito em grandes centros urbanos deve atingir no máximo 50 decibéis, entretanto o nível visto comumente bate entre 90 e 100 decibéis.

O que causa a poluição sonora

Nas grandes cidades um dos maiores agentes causadores da poluição sonora é o trânsito, onde se é possível citar muitas das ações causadoras da poluição sonora, entre elas temos: veículos com excesso de barulhos (escapamentos furados/enferrujados) alterações no motor e até mesmo hábitos que poderiam ser evitados mas são recorrentes, como: freadas buscas e uso excessivo de buzinas.

Dentro das residências podemos citar como causadores de ruídos: ar condicionados, batedeiras, liquidificadores, aspiradores, máquinas de lavar, secadores de cabelo, televisores com volume muito alto… objetos que quando funcionando em conjunto também podem passar os 50 decibéis.

As indústrias e grandes obras também são grandes agentes causadores dos ruídos, funcionando com atividade de longas durações o nível sonoro acima de 90 decibéis pode afetar negativamente na produtividade dos funcionários que por consequência acaba afetando a qualidade do produto ali produzido; quando um funcionário esta submetido a trabalhar em um local com grande poluição sonora ele gasta cerca de 20% a mais de energia para conseguir realizar suas atividades diárias.

Escala de níveis sonoros (em decibéis)

  • Até 80 DB (escala verde): não há qualquer risco para a audição, independentemente do tempo exposto ao ruído;
  • Entre 80 e 90 DB (escala amarela): considerado uma zona nociva, porém acarreta problemas apenas em exposições de longa duração.
  • Entre 90 e 115 DB (escala vermelha): sua audição está em risco, quanto mais forte o som menor será o tempo necessário para que ele afete seu ouvido.
  • Acima de 155 DB (escala castanha): chamados de ruídos impulsivos são capazes de causar lesões imediatas e irreversíveis a sua audição.

Níveis de exposição ao ruído.

  • Voz – entre 30 e 80 DB
  • Sala de aula – entre 40 e 80 DB
  • Trafico rodoviário – entre 50 e 90 DB
  • Aspirador de pó – 70 DB
  • Leitor de música (fones de ouvido) – entre 70 e 100 DB
  • Discotecas, bares, shows… – entre 85 e 115 DB
  • Sirenes, alarmes e buzinas – entre 90 e 120 DB
  • Avião decolando – 130 DB
  • Explosão – 140 DB

Danos que a poluição sonora pode causar

De acordo com a OMS a poluição sonora ocupa a segunda colocação no ranking de maiores causadores de doenças entre os tipos de poluição, superando a poluição da água e perdendo apenas para a poluição do ar. Para os seres humanos alguns dos efeitos da poluição sonora são:

  • Estresse;
  • Depressão;
  • Insônia;
  • Agressividade;
  • Perda de atenção e memória;
  • Cansaço;
  • Dor de cabeça;
  • Queda de rendimento em tarefas diárias e no trabalho;
  • Zumbido;
  • Perda de audição temporária ou permanente;
  • Surdez;
danos que a poluição sonora pode causar

Uma noite mal dormida devido a poluição sonora afeta toda a sua rotina no dia seguinte

Os danos que a poluição sonora causa também não estão limitados apenas aos humanos, a fauna e a flora também sofrem os efeitos desta adversidade; A poluição sonora afeta os animais deixando-os estressados, prejudicando seus extintos de caça, sua reprodução e até mesmo a sua comunicação. Entre os animais mais prejudicados estão os marinhos, uma vez que nos ambientes aquáticos o som se dissipa com maior rapidez, sendo um grande prejudicial para eles por exemplo o barulho de motores de barcos e grandes navios; no caso de animais de menor porte como as aves o nível do ruído é capaz até mesmo de causar a morte dos mesmos, diminuindo a população local e desiquilibrando o ecossistema.

O que podemos fazer para evitar a poluição sonora

Mudanças de atitudes tomadas em nosso dia a dia já são capazes de ajudar a melhorar a qualidade de vida de si próprio e do restante da população, algumas das medidas que podem ser tomadas afim de diminuir as consequências da poluição sonora são:

  • Utilizar a buzina de seu veículo apenas quando necessário;
  • Fechar as janelas do carro em locais com muito trânsito e barulho;
  • Evitar ficar muito perto das caixas de som quando frequentar shows e eventos;
  • Não escutar músicas em um volume muito alto, principalmente quando utilizando o fone de ouvido;
  • Se possível utilizar equipamentos acústicos apropriados em sua empresa e residência;

Onde denunciar poluição sonora

Inicialmente para que a denúncia realmente possa surtir um efeito, é necessário ter o conhecimento de que o barulho emitido ultrapasse os 70 DB durante o dia, após as 22hrs o limite passa a ser 45 DB em ambientes residenciais, 55 DB em zonas mistas e 60 DB em áreas industriais.

Após você pode recorrer a quatro órgãos públicos para a realização da denúncia, sendo eles: Polícia militar (190); Guarda Municipal (153), Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente – DPMA (consulte o número especifico de sua região) e Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA)

Como o isolamento acústico pode melhorar sua qualidade de vida

O que é isolamento acústico

É uma técnica utilizada afim de impedir que haja a transmissão de som de um para outro ambiente, são utilizados materiais como chapas metálicas, vidro, mantas de borracha e lã…. que consequentemente conseguem amortecer e barrar a propagação do som.

Isolamento acústico e qualidade de vida

O investimento em um isolamento acústico de qualidade irá garantir que você melhore consideravelmente sua qualidade de vida; garantindo que os barulhos e ruídos externos continuem do lado de fora e permitindo que os sons produzidos internamente por você também não extrapolem outros ambientes.

Qual a importância do isolamento acústico

Uma vez em que a poluição sonora das cidades vem se tornando cada vez mais um problema, e passando a se tornar caso de saúde pública, tendo em vista que a mesma afeta os níveis de estresse e cansaço mental da população a optação pelo isolamento e conforto acústico se torna algo essencial para garantir a melhora da sua qualidade de vida.

Em momento de pandemia e por muitas vezes a opção do trabalho em home-office tudo o que você menos precisa é se estressar e não conseguir realizar suas atividades devido a barulhos externos, ao garantir a presença do isolamento acústico você também estará adquirindo o conforto necessário para aumentar sua produtividade, a partir do momento em que você investe neste isolamento, você estará garantindo mais sossego e tranquilidade de forma geral, desde o seu trabalho até a hora de dormir, garantindo que sons externos não interrompam seu sono.

qual a importância do isolamento acústico

Investir no isolamento acústico é investir na melhora da sua qualidade de vida.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Atendimento via WhatsApp