em Cerpolo, Noticias

                Mesmo atualmente se sabendo que é o metal em maior abundância na crosta terrestre, há alguns séculos acreditava-se que o alumínio era um material mais raro que a prata e ainda não era exata sua função. Tudo começou com os ceramistas persas, que fabricavam vasos de barro com alumina (óxido de alumínio), e depois os egípcios e babilônicos, que utilizavam um composto similar, em cosméticos e medicamentos.

                Já a história do metal sólido em si, é datada de 1808, quando o químico inglês Humphrey Davy comprovou a existência do metal, e o físico alemão Hans Oersted, produziu pequenas quantias do metal. Em 1869 o custo da fabricação caiu para US$ 17 por grama, e por conta disso, o alumínio decorou de mesas de jantar, à coroa do rei da Dinamarca. Em 1880, o professor americano Frank Jewett, mostrou à seus alunos universitários um pequena peça do metal, e disse que aquele que conseguisse explorá-lo, ficaria rico. Tal desafio, fez com que seu aluno Charles Martin Hall, passasse seis anos fazendo pesquisas e tentando descobrir o processo de formação do material. E foi em 1886, que ao passar uma corrente elétrica num recipiente com criolita e alumina, ele percebeu que se formava uma massa sólida, que viria a ser o próprio alumínio.

                Atualmente o alumínio é um dos materiais mais utilizados em torno de todo o mundo, sendo muito aplicado em aparelhos eletrônicos, latas de bebida, caixas de suco e leite, utensílios para cozinha, eletrodomésticos e assim por diante. E isso tudo se dá, por suas vantagens:

                – Mesmo sendo um material leve e flexível, ele é extremamente resistente, principalmente à corrosão, sendo utilizado para fabricação de aviões, estruturas civis e etc;

                – Sua utilização em embalagens de alimentos, medicamentos e construção civil ocorre, porquê é impermeável, não permitindo a passagem de luz, calor e umidade;

                – Resistente principalmente à corrosão, sua vida útil é longa, permitindo que ele seja reciclado e utilizado até em automóveis;

                – A redução do consumo de combustível e sua grande capacidade de carga, são resultado de sua leveza, que é um diferencial até para o produto final, que acaba saindo mais barato;

                – É um material extremamente flexível e maleável, o que permite que na indústria ele seja moldado de acordo com as necessidades de cada mercado;

                – Ainda é um sinônimo de modernidade e mesmo em sua forma bruta, é um material com beleza e elegância, também permitindo que passe por pinturas e acabamentos, sem sofrer alterações em suas características;

                – É um material prático, quando precisa ser resfriado, acontece rapidamente e o mesmo é para o calor. Também ocupam pouco espaço e são fáceis de carregar;

                – Incentiva o crescimento da indústria, com atividades produtivas, como máquinas e outros equipamentos;

                Por conta de sua grande variedade de qualidades, o alumínio é o material mais popular e utilizado, gerando grande economia e crescimento no mercado e na indústria. E na Cerpolo, utilizamos sanefas e persianas em alumínio, que dão mais elegância e modernidade ao seu projeto. Você também pode contar com a aplicação de brises, divisórias, forros e drywall, tudo trabalhado com qualidade e segurança, pra você cliente

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar