Brises e Fachadas

Brises composto por painéis em alumínio verticais ou horizontais, com argumentações diferenciadas, são retráveis, oferecem proteção contra a incidência excessiva de raios solares sem interferir na ventilação natural, possibilitam a visualização das áreas externas sem perda de privacidade, valorizam o projeto tanto quanto com estética e modernidade.

Brises Automatizadas

Brises composto por painéis em alumínio verticais ou horizontais, com argumentações diferenciadas, são retráveis, oferecem proteção contra a incidência excessiva de raios solares sem interferir na ventilação natural, possibilitam a visualização das áreas externas sem perda de privacidade, A automatização de brises oferece proteção solar automática e excelente rendimento térmico para o ambiente. Os brises da fachada movimentam-se através de controles remotos, interruptores, gerando conforto, controle de luminosidade e redução dos custos de refrigeração. A automatização permite o reposicionamento dos brises após o final do dia, para se valorizar a estética das fachadas. A Cerpolo utiliza o sistema de acionamento da Mingardi que é referência em motores.

Atuamos em parceria com a Somfy que distribui o equipamento, o atuador euro 1 permite o acionamento de brises de grandes dimensões. Confira imagens de Automatização de brises e fachadas inteligentes.valorizam o projeto tanto quanto com estética e modernidade.

As brises são itens que podem ser encontrados na maioria das vezes nos edifícios e é um material composto por algumas peças que são geralmente posicionados em frente à janelas ou ainda, em toda a lateral de um edifício, e servem para quebrar a luz solar que entra no ambiente. Este termo possui origem no francês “brise-solei” que significa Quebra-Sol. Com a utilização deste material a entrada de luminosidade no ambiente será reduzida. Ela pode impedir que o ambiente interior veja o exterior, de forma que a privacidade de um determinado ambiente possa ser mantida.

Brises são compostas por lâminas verticais ou horizontais, que podem ser confeccionadas em plástico, ferro, madeira dentre outros materiais. Para que seja realizado o seu posicionamento de forma correta, esta atividade é realizada de acordo com o dimensionamento requerido. Para posicioná-la, é preciso analisar a disposição que o sol possui em relação ao prédio. Onde ele nasce e se põe, e como isso afeta a entrada de luz no prédio.

Existem ainda alguns modelos de brises que podem ser encontrados, de forma que irão auxiliar no posicionamento das brises, de acordo com a posição de cada prédio. Confira a seguir os principais modelos:

Brisas Verticais: para fachadas que recebem o sol da manhã e da tarde; Brisas Horizontais: para fachadas que recebem sol durante todo o dia, em posição diagonal; Brisas Móveis: para fachadas que tem pouca ação de luz solar, assim toda vez que não for preciso, a brise poderá ser removida ou recolhida. Existem vários outros tipos diferentes de brises, e um deles é o cobogó, que recebe o nome de seus criadores, e consiste em um estrutura feita de concreto ou cerâmica. Geralmente utilizado para decoração, os cobogós são comuns por seu baixo custo e grande durabilidade.

O outro modelo é o muxarabi, comumente usado pelos árabes, consiste em telas feitas de madeira ou ferro, com um mosaico específico que serve para proteger a privacidade no interior dos ambientes. Atualmente os três formatos são comumente usados tanto na decoração, quanto na proteção de uma parte do ambiente, ou ainda em toda a estrutura em questão.

Brises podem ser utilizadas tanto na área interna quanto externa de um local. Para o interior ele servirá apenas para barrar a iluminação, mantendo a temperatura no mesmo nível. Já para o exterior, irá garantir que a luz e o calor sejam diminuídos antes de entrar no ambiente. Principais cuidados com as Brises

Pricipais cuidados com as Brises

As Brises necessitam de uma manutenção periódica, para que seja possível manter em um nível de alta qualidade a sua utilização proporcionando uma vida útil mais longa. A falta desta manutenção poderá prejudicar a sua funcionalidade, material e estrutura.

A manutenção mais indicada pra as brises podem variar de acordo com o material que é utilizado, para isto é necessário ainda que antes da instalação ela seja projetada ao alcance das pessoas que irão executar a manutenção.

Confira os principais cuidados para cada modelo de brise, de acordo com o seu material:

Madeira: é necessário que seja realizado pinturas periódicas com a utilização de verniz e também limpeza recorrente. Uma vez que é um material biodegradável e poderá sofrer com as ações da natureza e ataques de insetos. Quando uma lâmina estiver com defeito, ela deverá ser trocada imediatamente, pois as rachaduras e empenamento podem estragar a estrutura da mesma;

Concreto: este é um material mais fácil de manter os cuidados, por ser feito em uma massa que atinge rigidez e força por um longo período. A manutenção é composta apenas pelo uso do concreto para reparar esfacelamentos ou rachaduras, que raramente aparecerão. O retoque de pintura só é necessário se essa for feita na hora da aplicação;

PVC: Este material possui uma das manutenções mais simples e rápidas de serem realizadas, uma vez que a manutenção das lâminas de PVC só ocorrem com a limpeza do mesmo, com a utilização da água e sabão neutro. A troca das lâminas só serão necessárias no caso de quebra ou dobra por acidentes, sendo um material altamente resistente ela poderá aguentar fortes rajadas de vento;

Metais: contra-indicados para o uso em litorais, o metal é o material mais utilizado em cidades grandes. Sua manutenção ocorre com a troca das lâminas em caso de corrosão, e sua lavagem pode ser feita como a do PVC, de forma prática e simples;

Cerâmica: um dos materiais mais fáceis para realizar a manutenção, por ser uma superfície lisa e simples. Para casos de brises cerâmicas, o mais indicado é que seja realizada a lavagem constante, para a remoção de resíduos e sujeiras;

Vidro: a manutenção requer muitos cuidados, pois vidro pode ser um material mais sensível. Requer a lavagem e muitas vezes a troca das lâminas por um material mais resistente, pois deve ser lavado em conta que o vidro pode sofrer acidentes, como rachaduras e lascas, que influenciam no estético e funcionalidade do mesmo. Para a utilização das brises é importante seguir uma regra simples, no momento de escolher a posição que este material poderá ser instalado. Para as fachadas leste e oeste que recebam o sol da manha e também da tarde, é possível preferir as brises com lâminas verticais. Para a fachada norte que irá receber sol durante o dia todo, e principalmente em uma posição mais a pino é possível utilizar as brises horizontais. Por fim, a fachada sul irá necessitar menos das brises, uma vez que possui uma incidência de sol muito menor, e desta forma é possível que sejam utilizados os modelos móveis, que possuem uma eficácia maior nestas fachadas. Brise móvel

Brise móvel

As brises de modelos móveis são os modelos de maior eficiência, uma vez que proporcionam grande mobilidade nas aletas, e podem permitir o ajuste do ângulo das lâminas que são utilizadas trazendo como resultado um conforto térmico maior para qualquer horário do dia, tendo em vista a posição do sol.

A alteração da posição das lâminas pode ser realizada de forma manual, mecânica ou elétrica. As vantagens da utilização das brises móveis são a redução da carga térmica, desempenho térmico e luminoso, economia de energia e a permissão da ventilação e visibilidade por todo o local.

Fachadas

Fachadas e revestimento metálicos em alumínio, lisos ou perfurados com várias cores e modelos, lineares e modulares com estrutura em aço com perfis tubulares conforme necessidade da obra para sustentação dos painéis, beleza e tecnologia que garantem um futuro limpo e confortável para seu projeto.

Ver mais fotos

Entre já em contato conosco

41 3029-4367
Rua Diogo Mugiatti, 1299
Boqueirão, Curitiba - PR