Como é a fabricação de um Drywall?

O Drywall também é comercialmente chamado de Placa de Gesso, mas sua tradução literal é “parede seca”. O drywall é feito como chapas fabricadas industrialmente até se tornarem paredes leves com espessuras menores para serem usadas apenas em ambientes internos. Hoje vamos explicar como ele é fabricado e do que é feito.

O que é usado para fabricar o drywall?

O Drywall é uma tecnologia que veio para substituir paredes de alvenaria, tetos ou revestimentos de quaisquer ambientes. É utilizado há mais de 100 anos nos EUA e a aproximadamente 70 anos na Europa.

O drywall é, na verdade, uma placa de gesso aparafusada em estruturas de perfis de aço galvanizado. Nesse caso, as paredes se tornam muito mais leves e com espessuras menores que as das paredes de alvenaria.

Para o processo de fabricação do drywall, são usadas placas de gesso natural – com ou sem aditivos -, secos e revestidos com papel cartão duplex, geralmente em espessuras que vão de 48, 70 ou 90 mm e tamanhos que vão de 4×8 a 4×12. A placa é combinada a perfis de aço galvanizado que dão sustentação.

Para entender melhor sua estrutura interna, uma imagem que ilustra:

Utilizações mais comuns do drywall

O drywall é muito utilizado na construção civil, principalmente para áreas comerciais. É possível realizar instalações elétricas e hidráulicas através do sistema de fixação em tetos ou aparafusadas em perfis de aço galvanizado. Além disso, adaptam-se a qualquer estrutura, como aço, concreto ou madeira. Ele também é uma excelente opção para realizar soluções criativas de decoração.

A montagem do sistema drywall é fácil, com redução de prazo de entrega e custos menores. Além disso, há um ganho de área útil que pode chegar a 4% e as paredes têm superfície lisa e precisa, diminuindo custos na preparação da superfície para a pintura.

Como as paredes são mais leves que o sistema de alvenaria tradicional, o sistema de parede de drywall mais simples, equivalente a 1 metro quadrado, pesa cerca de 25Kg contra 150 kg de uma parede de alvenaria.

Por sua facilidade de manuseio, permite o preenchimento com diversos materiais como fibra de vidro e mantas de lã mineral, sendo indicado também para os casos em que é necessário um desempenho acústico superior ou maior conforto térmico. O Drywall, além de poder ser utilizado como paredes e forros, é indicado também para revestimento de paredes, colunas, vigas, dutos de ar-condicionado, dentre outras aplicações, tendo como uma de suas principais características o manuseio e instalação simples, rápido e limpo além de aceitar diversos tipos de acabamento: pintura, cerâmica, papel de parede, fórmica mármore, madeira, etc.

Entendendo as cores do Drywall

São três as variações de cores do Drywall. E cada uma delas há estilos de chapas que se diferenciam pelo tom da cobertura de papel-cartão. A face branca deve voltar-se sempre para o lado do acabamento:

Fonte: Casa Abril

DRYWALL EM CURITIBA E REGIÃO

A Cerpolo atua na criação do projeto e aplicação de fachadas, contando com materiais de alta qualidade. Fundada em abril de 1985 a CERPOLO vem se destacando no mercado de instalações atuando na distribuição e na execução de mão de obra especializada e qualificada no segmento de Forros, Divisórias, Fachadas, Revestimentos, Brises, Rodapés, Portas Sanfonadas, Isolamento Térmico, Isolamento Acústico e Drywall.

Estamos localizados na Rua Diogo Mugiatti, 1299 – Boqueirão. Curitiba – PR. Telefone: (41) 3029-4367.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *